Publicado por: Cia Palhaçaria, Risadas e Outras Bestagens | junho 11, 2009

O “princípio da competitividade”

O “princípio da competitividade” desumaniza a humanidade, daí que um outro princípio ou racionalidade deve substituí-lo em vista de novas relações humanas com o próximo e com a natureza. Para Maurício Abdalla trata-se do “princípio da cooperação”, o qual pode possibilitar ao ser humano maior proximidade daquilo que lhe constitui a essência, a práxis da solidariedade. Pois, é esta a experiência fundante que está na raiz do humano. Para que esta espécie existisse, destacando-se em relação aos seus parentes próximos, os primatas, e aos outros animais, bem mais aptos que o homem para a sobrevivência em meio às adversidades das savanas, foi fundamental, entre outros fatores, a capacidade de cooperação. Portanto, na gênese do humano não está a competição, e sim a solidariedade. É exatamente esta experiência primeva do homem a que lhe aponta uma aurora face à escuridão da “luta de todos contra todos”. Ainda que soe
extremamente utópico pensar que a sociedade possa um dia orientar-se pelo “princípio da cooperação”, nenhum pessimismo turvo do aqui-agora pode ou deve desacreditar este horizonte projetivo como fundamento da esperança de um mundo melhor.

Dica de Leitura:

ABDALLA, Maurício, “O princípio da Cooperçaão: em busca de uma nova racionalidade”. São Paulo: Paulus, 2002.


Deixe uma resposta

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: