Publicado por: Cia Palhaçaria, Risadas e Outras Bestagens | dezembro 8, 2009

Mario….

Você precisa saber de algumas histórias apesar de tudo muito engraçadas que
andam acontecendo nas ruinhas ali da Santa Casa. Não é pra menos. Só uma
cena, por exemplo. Um amigo passa mal e tem que ir para o pronto-socorro
tomar soro. Quem entra com o cara pra “ajudar” e “fazer a social” com as
enfermeiras e médicos? Paulo de Tharso. E olha que isso já é ficção – abraço
Picanha <http://salvemofelix2.blog.uol.com.br/>! Aconteceu mais ou menos
isso mesmo, mas com requintes poético-patéticos que, como a gente sempre
fala dado ao nível elevado de seres líricos e malucos que conhecemos, se
levados à ficção, vão dizer que é muito forçado. Desconfio que aquelas
ruinhas nunca mais serão as mesmas depois dessa sua passagem momentânea pela
Santa Casa. Segundo o Brum <http://mulamanca.wordpress.com/>, dá pra sair
umas 10 músicas dali por dia. 15 mil posts. 30 mil peças. 100 mil filmes. Um
milhão de gente rezando cada um do seu jeito por você, brother. Ninguém se
conforma. Ninguém nunca vai se conformar. Nem com isso nem com tudo o mais.
Mas o principal agora é que VOCÊ não se conforma. VOCÊ nunca se conformou.
Por isso é há tantos anos essa espécie involuntária de farol de dignidade
pra tantos que você influenciou, influencia e ainda continuará influenciando
do maior, mais discreto e único jeito possível de influenciar alguém: ser a
gente mesmo.

Com a palavra, Marcio Américo: “Algumas pessoas têm tentado associar a
violência cometida contra o *Mário Bortolotto* à arte produzida por ele.
Isso é no mínimo leviano e só revela ignorância, tira o foco dos reais
motivos que desaguaram nesta quase tragédia. Conheço TODA obra do Mário
Bortolotto, conheço o próprio Mário e não é de hoje, e posso afirmar com
toda certeza que a obra dele não tem como foco a violência, nunca teve. Há
alguns personagens violentos, como tem em Nelson Rodrigues e até em Maria
Clara Machado, mas a mensagem da obra do Bortolotto é para aqueles que
optaram em manter-se fora deste esquema maluco que nossa sociedade montou
com uma promessa absurda de felicidade. Os personagens do Mário não estão em
busca de alegria, prosperidade, todos eles buscam uma só coisa: PAZ. Seus
personagens são loosers, sentados, lendo, olhando o infinito, ostentando um
olhar melancólico pra disfarçar talvez sua inabilidade em entender o que não
faz sentido”.

Leia todo o texto do Marcio aqui<http://meninosdekichute.zip.net/index.html>.
Leia também a “Falsa Entrevista com o Bandido” feita por Jotabê
Medeiros<http://medeirosjotabe.blogspot.com/>.
Leia Marcelo Rubens Paiva<http://blog.estadao.com.br/blog/marcelorubenspaiva/>,
Nilo Oliveira <http://decostasprumar.blogspot.com/>, Clarah
Averbuck<http://clarahaverbuck.virgula.uol.com.br/>,
Joca Reiners Terron <http://jocareinersterron.wordpress.com/>, Neuza
Pinheiro <http://spiritualsdoorvalho.blogspot.com/>. Na foto acima: Marião,
Fabio Brum, eu e Ademir Assunção <http://zonabranca.blog.uol.com.br/> em
frente ao Sebo do Bac <http://www.sebodobac.com/>. No Rio, o
Chacal<http://chacalog.zip.net/>fará um CEP 20000. Aqui em SP, no Café
Aurora, vai rolar uma Jam – estarei
lá dizendo uns poemas com a Saco de Ratos. Os dois na quinta-feira. Os dois,
assim como fizeram os Parlapatões <http://parlapablog.blogspot.com/> domingo,
assim como fará a Vila Cemitério de
Automóveis<http://cemiteriodeautomoveisvilacultural.zip.net/>hoje em
Londrina (PR), em homenagem ao nosso amigo que está se recuperando
bem para caralho dessa merda toda. Parafraseando Euclides da Cunha, o Mário
é, antes de tudo, um forte. Isabela, Chris, Eliane: tamos juntos. Abraço
Carcarah!


Deixe uma resposta

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: